CREIO NA VIDA ETERNA

sexta-feira, 2 de julho de 2010



1) Que recebe o homem ao morrer? Cada homem recebe, na sua alma imortal, a retribuição eterna logo depois da sua morte num juízo particular que põe a sua vida na referência de Cristo, quer através de uma purificação, quer para entrar imediatamente na felicidade do Céu, quer para se condenar imediatamente para sempre.(1022)

2) Quem constitui o Povo de Deus depois da morte? Os que morrem na graça e amizade de Deu, perfeitamente purificados, vivem para sempre com Cristo. São para sempre semelhantes a Deus, porque O vêem como é, face a face.(1023)

3) O que é o Céu? Aquela vida perfeita com a Santíssima Trindade, a comunhão de vida e de amor com Cristo, com a Virgem Maria, com os anjos e todos os bem-aventurados, chama-se Céu. O Céu é o fim último, a realização das aspirações mais profundas do homem, o estado de felicidade suprema e definitiva. (1024)

4) Quem forma a Igreja Celeste?A multidão dos que hão de se juntar à volta de Jesus e de Maria no paraíso, formam a Igreja Celeste. Na eterna bem-aventurança vêem a Deus como Ele é. Em graus diversos são associados com os santos anjos ao governo divino exercido por Cristo glorioso, intercedendo por nós e ajudando a nossa fraqueza com a Sua solicitude fraterna.(1053)

5) A que se chama purgatório? Os que morrem na graça e amizade de Deus, mas não de todo purificados, embora seguros de sua salvação eterna, sofrem depois da morte numa purificação, a fim de obterem a santidade necessária para entrar na alegria do Céu. A Igreja chama purgatório a esta purificação final dos eleitos.(1030/1031)

6) Que faz a Igreja pelos defuntos? Em virtude da "comunhão dos santos", a Igreja encomenda os defuntos à misericórdia de Deus e oferece em seu favor sufrágios, em particular o santo sacrifício eucarístico.(1055)

7) O inferno existe? Não podemos estar em união com Deus se não O amarmos livremente. Mas não podemos amar a Deus,se pecarmos gravemente. Morrer em pecado é morrer separado de Deus por livre escolha própria. É este estado de auto-execução definitiva da comunhão com Deus e com os bem-aventurados, que se designa pela palavra "Inferno". (1033)

8) Em que consiste a principal pena do inferno? Consiste na separação eterna de Deus, único em que o homem pode ter a vida e a felicidade para que foi criado e para que aspira.(1035)

9) Para que ora a Igreja? A Igreja ora para que ninguém se perca: "Senhor, não permitais que jamais me aparte de vós". Sendo verdade que ninguém se pode salvar a si mesmo,
também é verdade que Deus quer que todos se salvem e que a Ele tudo é possível.(1058)

10) Que ensina a Igreja a respeito do Juízo Final? A Santa Igreja Romana crê e firmemente confessa que, no dia do Juízo, todos os homens hão de comparecer, com seu próprio corpo, perante o tribunal de Cristo, para prestar contas dos seus próprios atos.(1060)

11) Quando chegará a plenitude do reino de Deus? No fim dos tempos, o Reino de Deus chegará a sua plenitude. Então os justos reinarão com Cristo para sempre, glorificados em corpo e alma; o próprio Universo material será transformado. Deus será então "tudo em todos", na vida eterna.(1060)

Fonte: Catecismo da Igreja Católica
(Perguntas e respostas de Fabriciano Martin Avedillo)